22.1.12


Julgava-te eterno e eternamente meu. Nunca algum dia na minha pequena existência pensei deixar de te ver perto e longe de mim. Realmente, fui inocente e inevitavelmente uma criança em pensar que tu nunca irias partir e eu nunca iria ficar sem ti. Sabes, eu sei que tu me ouves e eu sei que tu lês aquilo que eu escrevo para ti, eu  acredito que tu nunca me vais abandonar e eu sei que estejas onde estiveres, estás a olhar por mim e a impedir-me de fazer as escolhas menos acertadas, eu sei disso, eu sei e é nisso que eu tenho de pensar.
Ainda não tenho em mim a certeza absoluta que tu partiste, ainda tenho a ideia que tu vais voltar para casa e vais voltar a sorrir para mim e vais agarrar na minha mão como se nada tivesse acontecido, eu ainda não caí na realidade, mas também não sei se algum dia vou cair. 
Eras um Homem de força e de garra, lutavas contra todas as malditas doenças que te atormentavam todos os dias, querias fazer mais do que podias e ainda assim tentavas, eras mais forte que a própria Natureza. Se tenho em mim a força que tenho, herdei-a de ti. Tenho muito de ti em mim, tenho um pouco da força que tu tinhas, tenho o gosto pela fotografia que tu tanto amavas, tenho o mesmo gosto pelo mar que tu contemplavas, tenho muito de ti em mim e ainda bem que é assim.
Avô, tudo o que eu fizer daqui em diante, vais ser unica e exclusivamente para te deixar extremamente orgulhoso da única neta que tu tens, vou fazer de tudo para honrar o teu nome e nunca te desiludir. 
No sábado, foi doloroso mas ao mesmo tempo muito sereno tal como tu eras, lançamos-te ao mar, tal como tu querias, fizemos-te a tua última vontade e eu sei que tu agora vais conhecer todos os lugares que querias conhecer, e ainda vais olhar por nós a cada segundo e sorrir por cada piada que nós lançarmos.
Apesar de eu saber que não vais ficar muito agradado de eu ir tatuar o amor que eu sinto por ti na minha pele, mas é uma maneira de te ter sempre comigo, tal como te levo no meu coração.
Obrigada pelo grande Homem que sempre foste, e obrigada por teres sido um avô presente e o melhor do mundo, obrigada por ficares comigo quando eu estava doente e ainda mais obrigada por me ajudares a realizar os meus sonhos que em parte eu sei que também são os teus.
Eu vou ser forte, tal como tu me querias, e ainda vou ser mais forte para apoiar a grande mulher da tua vida e a minha mãe, eu vou ser forte! Eu só te peço, olha por mim, ajuda-me e guia-me sempre que possas, fica presente nos meus bons momentos e nos meus maus momentos. Todos os dias da minha vida eu vou pensar em ti e vou honrar o nome que juntos partilhamos. Sempre fomos uma família unida, e vamos continuar a sê-lo por ti!
Lembra-te sempre, que Homem melhor que tu nunca vai haver, porque tu sim, eras um bom marido, um bom pai, um grande avô e um grande grande amigo, não havia pessoa nenhuma que não gostava de ti, todos te adoravam...

Avô, onde quer que estejas, eu quero que saibas que eu vou sempre te amar e espera por mim porque um dia vamos estar juntos novamente 

27 comentários:

  1. fiquei sem palavras, força minha querida*

    ResponderEliminar
  2. Adoro as tuas palavras! Estou a seguir :)

    ResponderEliminar
  3. Oh princesa, pois.
    Muito obrigada, mas sabes? Eu adoro estas tuas palavras <3

    ResponderEliminar
  4. Obrigado por seguires, também sigo :)

    ResponderEliminar
  5. Desafio para ti no respectivo separador ^^
    Beijitos

    ResponderEliminar
  6. oh já temos algo em comum.. está simples e perfeito. as boas memórias ficam sempre :) um beijinho

    ResponderEliminar
  7. obrigada :')
    uauuu, este texto... força!*

    ResponderEliminar
  8. acredito que esteja, mesmo! mas essa dor vai acabar por se suavizar.

    ResponderEliminar
  9. Lindos relatos, escribes muy bien guapa.
    un saludo.

    ResponderEliminar
  10. temos de olhar pelo lado positivo querida

    ResponderEliminar
  11. Vou privar o blog. Quem quiser continuar a ler-me, deixe um comentário no post com o título "aviso" e escrevam o vosso mail. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  12. sigo, amei completamente o blogue (:

    ResponderEliminar
  13. Está lindo princesinha! (: Esteja onde tiver o teu avô tem um enorme orgulho em ti. O que escreveste foi tão verdadeiro. Já tinha saudades de vir ao teu cantinho, ler o que escreves! *-* Tem força*

    ResponderEliminar